Enchentes na faixa de Gaza deixam mais de 5.000 pessoas desabrigadas

16 de dezembro de 2013

Jerusalém, 10 de dezembro de 2013

Mais de 5.000 pessoas foram desalojadas de suas casas danificadas por enchentes no norte da faixa de Gaza e pelo menos uma pessoa morreu na zona que as Nações Unidas descreve como “área de desastre”.

As enchentes são tão graves que algumas casas em que o nível da água chegou mais de 2 metros só se consegue acesso através de pequenos barcos.

Chris Gunness, porta-voz da UNRWA, disse que as áreas próximas dos campos de refugiados em Gaza se tornaram “um enorme lago com mais de 2 metros de profundidade, cercando casas e comunidades inteiras. Trabalhadores da UNRWA continuam evacuando refugiados da Palestina para abrigos da ONU. Grandes partes do norte de Gaza se tornaram zonas de desastre, com água a perder de vista.”

O ministério da Saúde de Gaza informou que outras cem pessoas ficaram feridas nas enchentes que destruíram moradias ao longo do litoral. Muitos dos feridos foram atingidos por objetos que despencaram dos prédios inundados ou se envolveram em acidentes de carro nas ruas alagadas.

A cidade também vem sofrendo com blecautes de cerca de 12 horas desde que a única usina de energia do território foi desligada há um mês por falta de combustível.

A UNRWA continua trabalhando arduamente para evacuar refugiados e prover serviços de emergência.

Saiba como ajudar aqui (página em inglês)