Síria: Tiroteio impede distribuição de alimento no campo de Yarmouk

7 de maio de 2014

Yarmouk, 5 de Maio de 2014

Um tiroteio paralisou a distribuição de alimentos no campo de refugiados da Palestina. O porta voz da UNRWA, Chris Gunness, se pronunciou mais uma vez: Ele pede que a organização possa distribuir comida e outros tipos de itens de primeira necessidade, de forma pacífica e segura dentro do campo de Yarmouk.

Antes do conflito na Síria em 2011, o campo Yarmouk abrigava mais de 160.000 refugiados da Palestina. Tropas de oposição tomaram o local em 2012 e desde então, o número de refugiados caiu para 140.000. Muitas famílias deixaram suas casas por causa da guerra.

Gunness diz que a UNRWA distribuiu alimentos para apenas 162 famílias no dia 5 de maio. A equipe de distribuição, que chegou às 10h na entrada de Yarmouk, não pode finalizar as distribuições de alimentos, devido a um tiroteio no local.

“O incidente de hoje enfatiza os riscos vividos pelos civis e pelo serviço humanitário em locais como Yarmouk.”, afirma Gunness.

Gunness ressaltou ainda que “todas as partes envolvidas precisam demonstrar compromisso com essa grande crise humanitária vivida pelo povo de Yarmouk.” O porta vos disse também que a UNRWA está “seriamente preocupada com as frequentes paralisações na distribuição de alimentos.

“Nos últimos três dias, o número de famílias que recebeu comida é apenas uma parcela muito pequena dos que têm necessidade urgente de ajuda da UNRWA.”

A UNRWA recorreu às autoridades sírias para conseguir mais apoio e facilitar a distribuição “regular, substancial e segura” de alimentos em Yarmouk. A agência também quer autorização para a distribuição de remédios e suprimentos médicos para os moradores do campo de refugiados.

Saiba como você pode ajudar os refugiados da Palestina na Síria