UNRWA e CISCO inovam em saúde e educação

2 de maio de 2014

 

Amã,29 de Abril de 2014

No dia 22 de abril, na cidade de Amã, a UNRWA recebeu a diretora Sênior de Responsabilidade Social Corporativa da Cisco, Laura Quintana, para tratar dos resultados nas áreas de saúde e educação, frutos da parceria entre as duas organizações.

Os centros de treinamento técnico da UNRWA (VTTCs) começaram a oferecer cursos de análise de sistemas (systems-training) em 2001. Apesar do treinamento ter sido suspenso em Damasco devido ao conflito na Síria, aproximadamente 4.600 alunos foram formados.

A diretora da Cisco ficou impressionada com a alta porcentagem de mulheres nos centros de treinamento técnico da UNWRA. A taxa de formação, que fica acima de 35%, é mais elevada que em regiões desenvolvidas como os Estados Unidos (14%) e Europa (10%).

O curso oferecido pela Cisco possibilitou que 96% das mulheres formadas conseguissem ingressar no mercado de trabalho na Jordânia. Em Gaza essa taxa fica em 80%.

Na reunião realizada em Amã, a UNRWA e Cisco discutiram métodos para oferecer melhores recursos na formação dos refugiados da Palestina. Laura Quintana sugeriu a criação de programas para aumentar as habilidades empreendedoras e desenvolver a responsabilidade social e ética dessas mulheres.

A parceria entre a UNRWA e a Cisco tem sido fundamental para o desenvolvimento dos refugiados da Palestina, preparando-os para o mercado de trabalho e também para o futuro.