UNRWA obtém autorização para que estudantes palestinos deixem Yarmouk para prestar exames

21 de maio de 2014

Síria, 19 de Maio de 2014

Em meio à tensa situação no campo de refugiados de Yarmouk, na Síria, a UNRWA confirmou,  nesta segunda-feria (19), que 120 estudantes receberam permissão para sair do campo e prestar o exame nacional para ingresso na universidade ou escolas técnicas. Após a prova, os estudantes retornarão ao campo, onde hoje vivem 18 mil civis – em 2011, população era de 160 mil.

A UNRWA “já providenciou itens básicos para a viagem de cada aluno, incluindo kits de higiene e uma pequena soma em dinheiro”, disse o porta-voz, Chris Gunness.

Cerca de metade das escolas administradas pela UNRWA na Síria fechou em 2013, afetando mais de 45 mil crianças. Para o período letivo de 2013-14, a Agência estima que somente 49 de suas 118 escolas continuam ativas.

Desde 13 de maio, quando militares do governo foram baleados dentro da área de distribuição de alimentos, o governo sírio proibiu a distribuição de cestas básicas no campo de refugiados palestinos. Os moradores estão recebendo apenas um quarto dos alimentos mínimos necessários para sobreviver desde janeiro.

“Estamos tentando obter urgentemente a permissão das autoridades para retomar as operações de distribuição de alimentos em Yarmouk o mais rápido possível”, disse Gunness, que completou dizendo que a UNRWA continua pedindo “acesso humanitário contínuo, substancial e seguro no campo.”

Fonte: ONU Brasil