ONU solicita ação para resolver as causas subjacentes do conflito em Gaza

10 de outubro de 2014
Foto: UNRWA

Foto: UNRWA

A Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA) realizou reunião para organizar uma ação política nesta quarta-feira (8) com foco na resolução das causas subjacentes do conflito em Gaza e prevenir uma nova rodada de destruição. Na primeira visita à Alemanha desde que assumiu o cargo de comissário-geral da UNRWA, Pierre Krähenbühl disse: “Nós fomos além da esfera humanitária. Na medida em que os doadores intensificam as discussões sobre a reconstrução de Gaza após o recente conflito, é importante abordar as causas da violência e fugir do padrão trágico do bloqueio, conflito e destruição. Devemos isso ao povo de Gaza que já sofreu o bastante”.

O comissário-geral agradeceu ao “governo e povo da Alemanha que prestam um apoio fiel de longa data para UNRWA e os refugiados da Palestina. Estas contribuições são particularmente importantes em tempos de crise. Neste contexto, gostaria de agradecer mais uma vez o generoso apoio durante a recente crise na Faixa de Gaza”. A reunião contou com o ministro de Relações Exteriores, Frank-Walter Steinmeier, o secretário de estado parlamentar do Ministério de Cooperação Econômica e Desenvolvimento, Thomas Silberhorn, e altos funcionários na Chancelaria Federal. Pierre também se reuniu com membros do Parlamento e da sociedade civil.

A visita do comissário-geral da UNRWA precede uma reunião no Cairo no dia 12 de outubro, que reunirá membros da comunidade doadora internacional, as Nações Unidas e da Autoridade Palestina para discutir planos de reconstrução de Gaza.

Na semana passada, a UNRWA revisou sua estimativa de destruição de propriedades durante os combates. De acordo com estimativas baseadas em informações preliminares, até 80 mil casas de refugiados foram impactadas durante os 50 dias de hostilidades. Esse número é maior do que o total de 60 mil originalmente anunciado. A UNRWA já iniciou um pacote de ajuda aos refugiados cujas casas foram danificadas ou destruídas.

A Alemanha prometeu recentemente uma nova doação de 12,4 milhões de dólares em apoio às atividades psicossociais e ao programa de geração de emprego em Gaza. O país já havia contribuído com 10,7 milhões de dólares no fornecimento de alimentos e itens essenciais para ao população de Gaza. Com essa recente promessa, o total da contribuição do país para a UNRWA em 2014 é de 42,1 milhões de dólares até o presente.