Princesa Basma da Jordânia visita estudantes palestinos em faculdade da UNRWA no país

28 de novembro de 2014
Princesa Basma da Jordânia posa para fotos com alunas da FESA. Foto: Arquivos UNRWA

Princesa Basma da Jordânia posa para fotos com alunas da FESA. Foto: Arquivos UNRWA

A princesa Basma da Jordânia, durante uma visita à Faculdade da UNRWA de Ciências da Educação e Artes (FESA) em Amã neste sábado (29), elogiou a equipe da UNRWA e estudantes por seu “espírito de entusiasmo e empenho”.

Inaugurada em 1993, a FESA treina professores durante um curso de dois anos para que possam, com um diploma em mãos, ensinar nas escolas da UNRWA. Para receber a princesa, as alunas da FESA vestiram trajes tradicionais palestinos e saudaram a princesa com sorrisos e um buquê de rosas.

A princesa prestou homenagens aos esforços da UNRWA para aliviar o sofrimento dos refugiados da Palestina que vivem na Jordânia. “Eu tiro o chapéu para o trabalho da UNRWA. É claro que a Agência tenta maximizar os recursos humanos e econômicos disponíveis para atingir o melhor para os refugiados da Palestina. Isso é notável e todos deveriam aprender com vocês”, disse a princesa.

O vice-diretor de operações da UNRWA na Jordânia, Dorothee Klaus, deu as boas-vindas a princesa. Logo após, as alunas deram uma salva de palmas para agradecer a família real e o governo da Jordânia por seu apoio aos refugiados palestinos, especialmente durante o recente conflito em Gaza. “Este apoio foi profundamente registrado nos corações e mentes dos refugiados. Ele reflete o contínuo apoio da corte real e do governo da Jordânia para a comunidade de refugiados da Palestina”, disse o vice-diretor.

Durante a visita real, a princesa foi informada sobre as conquistas e os desafios enfrentados pela UNRWA na prestação dos serviços educacionais. Depois de um curto passeio pelas unidades de drama e cosmetologia, os estudantes tiveram a rara oportunidade de posar para fotos com a princesa.