Brasil é eleito membro do Conselho Consultivo da agência para os refugiados da Palestina da ONU

9 de dezembro de 2014
Criança palestina participa de evento de doação do Brasil. Foto: UNRWA

Criança palestina participa de evento de doação do Brasil. Foto: UNRWA

A Assembleia Geral da ONU admitiu o Brasil e os Emirados Árabes Unidos na Comissão Consultiva da Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA), o órgão que aconselha a Agência sobre suas principais decisões estratégicas.

O Brasil é o primeiro país da América Latina a ter um assento na Comissão Consultiva, marcando a relação com a UNRWA que vem crescendo de forma marcante nos últimos cinco anos. Esse apoio culminou, em 2014, com uma doação de arroz, com valor estimado em 9,2 milhões de dólares, para atender aos refugiados da Palestina mais vulneráveis e aqueles que enfrentam insegurança alimentar. Além disso, entre 2012 e 2013, o Brasil também contribuiu com 8 milhões de dólares à agência da ONU.

Após a votação e a decisão dos 193 Estados-membros da Assembleia, o comissário-geral da UNRWA, Pierre Krähenbühl, lembrou que “tanto o Brasil como os Emirados Árabes Unidos são parceiros exemplares, fornecendo um grande apoio às operações da UNRWA. Esse apoio consolida seus lugares na Comissão Consultiva; dou-lhes as boas vindas à família UNRWA”.

A Comissão Consultiva, atualmente presidida pela Suécia, foi criada pela Resolução 302 (IV) da ONU em 08 de dezembro de 1949 e tem a tarefa de aconselhar e assistir o comissário-geral da UNRWA na realização do mandato da agência. O Conselho agora conta com 27 membros e três observadores.

Sobre a UNRWA

A UNRWA é a agência das Nações Unidas estabelecida pela Assembleia Geral em 1949 com o mandato de fornecer assistência e proteção à população a cerca de cinco milhões de refugiados registrados da Palestina. A missão da Agência é ajudar os refugiados da Palestina na Jordânia, Líbano, Síria, Cisjordânia e na Faixa de Gaza a atingirem seu pleno potencial no desenvolvimento humano, enquanto aguardam uma solução justa para sua situação. Os serviços da UNRWA englobam educação, saúde, serviços social e de assistência, micro-finanças e infraestrutura e melhorias nos campos de refugiados.

O apoio financeiro que a UNRWA recebe não tem acompanhado o ritmo das demandas cada vez maiores por serviços causada pelo aumento de refugiados da Palestina registrados, bem como pela expansão das necessidades e o agravamento da pobreza. Como resultado, o Fundo Geral da Agência, que apoia as atividades fundamentais da UNRWA e depende em 97% de contribuições voluntárias, tem começado todos os anos com uma projeção de déficit, que hoje alcança 56 milhões de dólares.

Mais informação:

Christopher Gunness
Porta-voz da UNRWA
Celular: +972 (0)54 240 2659
Escritório: +972 (0)2 589 0267
c.gunness@unrwa.org