Serviço de Ajuda Humanitária e Proteção Civil da União Europeia fornece suporte a refugiados da Palestina na Síria

23 de dezembro de 2014
UNRWA

UNRWA

O contínuo deslocamento de refugiados da Palestina, como resultado do conflito armado na Síria, agravou sua vulnerabilidade e enfraqueceu sua resiliência. Para muitos, a perda de casas, meios de subsistência, familiares e apoio da comunidade causaram traumas profundos. O início do inverno apenas acentua ainda mais essas necessidades de apoio humanitário.

O programa de assistência financeira da UNRWA é uma tábua de salvação para os refugiados da Palestina que enfrentam o quarto inverno desde o início do conflito armado na Síria. A ajuda em dinheiro permite aos refugiados administrarem suas próprias necessidades, priorizando gastos entre comida, aluguel e itens de inverno, como cobertores e combustível para aquecimento. Eles são capazes de fazê-lo graças ao apoio de doadores, como o Serviço de Ajuda Humanitária e Proteção Civil da União Europeia (ECHO).

Em 2014, ECHO fez doações no valor de 2,4 milhões de dólares em apoio a programas de assistência emergencial de dinheiro da UNRWA, oferecendo um subsídio de 64 dólares em dinheiro para 39 mil refugiados da Palestina. Mais de 460 mil refugiados da Palestina na Síria necessitam de assistência humanitária contínua.

O programa de assistência financeira da UNRWA em 2014 recebeu apenas 50% dos fundos necessários, forçando uma redução pela metade do planejamento de distribuição de dinheiro. Para 2015, a Agência apela aos seus doadores para aumentar a sua contribuição para o programa de ajuda financeira, que fornece suporte fundamental para os refugiados da Palestina, cujos mecanismos de resistência se corroeram durante esses quatro anos de conflito.