UNRWA, em parceria com a Suíça, inaugura estação de tratamento de água em campo de refugiados no Líbano

4 de dezembro de 2014
UNRWA

UNRWA

A Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA) inaugurou uma nova central de purificação de água no campo de refugiados de Burj Barajneh em Beirute, Líbano. A nova estação de tratamento vai melhorar a quantidade, qualidade e acessibilidade da água no campo, bem como o acesso a água potável. Esta evolução faz parte dos esforços da UNRWA para melhorar os serviços de água nos campos de refugiados e foi possível graças a uma generosa doação da Suíça.

A central de tratamento utiliza o processo de osmose reversa onde a água salgada é desmineralizada usando uma membrana semipermeável de alta pressão. Como resultado, a água potável é produzida.

A cerimônia de inauguração contou com a presença do embaixador da Suíça para o Líbano, François Barras, o embaixador da Palestina para o Líbano, Ashraf Dabbour, a diretora interina da UNRWA ,Heli Uusikylä, a representante do comitê de diálogo palestino libanês (LPDC), Lina Hamdan, representantes dos comitês populares palestinos e representantes da comunidade do campo de refugiados de Burj Barajneh.

“A Suíça está ativa na luta contra as ameaças de uma crise mundial da água e vem cooperando para o objetivo global da água na agenda de desenvolvimento sustentável pós-2015. Este projeto no campo de refugiados de Burj Barajneh é um exemplo do compromisso contínuo da Suíça para contribuir na melhoria da acessibilidade de água nos campos de refugiados da Palestina através da UNRWA.” disse François Barras

A diretora interina da UNRWA agradeceu ao governo suíço pelo generoso financiamento sem o qual o acesso à água potável dentro dos campos não seria possível. Acrescentou que a cooperação da comunidade dentro dos campos tem desempenhado um papel importante no sucesso deste projeto. No final parabenizou todos os envolvidos.

“Este projeto é a incorporação do conceito de parceria e cooperação entre os países doadores, a UNRWA e a embaixada do Estado da Palestina. Também incorpora o compromisso do governo suíço com o direito do povo palestino de viver com dignidade”, disse o embaixador palestino, Ashraf Dabbour

A Suíça contribuiu com 17 milhões de dólares para a UNRWA em uma ampla gama de projetos relacionados com a saúde ambiental e gestão de resíduos sólidos. Também realiza projetos que visam a aumentar as oportunidades de emprego para os refugiados da Palestina e a criação de centros de serviços de emprego, bem como foi responsável pela reconstrução de uma escola da UNRWA em Nahr el-Bared. Além desses e de outros muitos projetos em parceira, o governo da Suíça apoia a UNRWA aumentando a capacidade dos programas das Agência através da participação de peritos em diversas áreas.