Alcançando o céu

13 de outubro de 2015

O colorido parquinho no Centro de Treinamento de Damasco (DTC), gerenciado pela UNRWA na Síria, esbanja vida com as risadas de crianças, correria e brincadeiras. O centro se tornou um abrigo coletivo para 1200 refugiados da Palestina que foram deslocados de suas casas. Famílias se refugiaram nas salas de aula, que foram readaptadas para abrigar até três famílias por sala. No abrigo lotado, o parquinho é o único lugar seguro onde as crianças podem brincar com seus amigos.

“Brincar é essencial para o desenvolvimento saudável de nossas crianças. Permite que elas continuem sendo crianças, apesar das difíceis condições”, opina Amneh, mãe de três crianças. Amneh deixou o campo de Yarmouk, na Síria, em março de 2015, quando as tensões no campo aumentaram bruscamente. Ela agora mora com os filhos e os pais no abrigo coletivo do DTC. Seu marido permaneceu em Yarmouk e foi morto um mês após ela ter fugido.

Amneh acredita na importância de atividades recreativas na vida das crianças traumatizadas que vivem no abrigo. O espaço próprio para crianças oferece distração e normalidade em meio às incertezas do trauma gerado pela crise. “É reconfortante deixar as crianças brincarem livremente no parquinho”, conta. “Elas tomam ar fresco, fazem exercícios e são menos pressionadas”. O espaço também se tornou um lugar para o encontro entre as famílias, onde os pais podem deixar suas crianças entretidas enquanto conversam nos balanços.

O filho de Amneh, Anas, ama se pendurar no “trepa-trepa”. Com 9 anos, ele fica envergonhado e se esconde atrás da irmã enquanto sua mãe conta o quão bem ele está indo na escola. Ele reingressou na escola alternativa da UNRWA em Mazzeh, Damasco, depois de ter atrasado quase dois anos por conta da vida sitiada que levava em Yarmouk. O menino e suas irmãs mais novas adoram ir ao parquinho para se balançarem juntos no brinquedo. “Ele adora ficar indo de uma barra para outra e se balançando. É bom pois fortalece os músculos dele”, comenta a mãe.

Construído com o generoso financiamento do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), o parquinho no DTC é um dos doze espaços planejados conjuntamente para beneficiar refugiados da Palestina. Equipados com escorregadores, balanços, trepa-trepas e uma gangorra, o espaço recreativo promove o bem estar das crianças afetadas pelo conflito na Síria. Espaços como este possibilitam que as crianças encontrem novas formas de lidarem com a crise e com o estresse, além de permitir que elas aprendam, cresçam e se desenvolvam em locais seguros.