Estudantes da UNRWA em Damasco dizem não para a violência de gênero

15 de dezembro de 2015

Com desenhos, pinturas e pôsteres promovendo o tema da campanha “16 dias de Ativismo contra a Violência de Gênero” deste ano – “Da paz no lar para a paz no mundo: faça a educação segura para todos” –, estudantes da UNRWA em Damasco uniram forças para dizer não à violência contra mulheres e crianças e sim para a proteção dos direitos conquistados e para a igualdade de gênero.

Através de seus coloridos desenhos, estudantes de 6 a 14 anos ofereceram sua interpretação da campanha de 16 dias em uma exposição de desenhos que aconteceu no Centro de Treinamento de Damasco no dia 3 de dezembro, como uma parte dos programas de assistência, educação e serviços sociais da Agência. As pinturas expressaram a noção de que xingar, gritar, insultar, ameaçar e humilhar os outros pode ser tão prejudicial quanto o abuso físico.

Na abertura da exposição, o Vice-diretor de Assuntos da UNRWA na Síria, Abdallah al-Laham, disse: “Ainda temos um longo caminho a frente para chamar a atenção para a violência de gênero e promover os direitos dos mais vulneráveis. Eu acredito que o desenvolvimento humano não pode ser alcançado sem um ambiente seguro e saudável para todas as mulheres e crianças. Estou emocionado com a criatividade e a resistência dessas crianças que, apesar do deslocamento e das condições instáveis que enfrentam neste país em guerra, continuam a demonstrar esperança e são capazes de trazer à tona os problemas que cercam a cultura da violência e solicitar a implementação dos direitos humanos obrigatórios.”